Sabugal – Autárquicas 2021 (final)

Felizmente que há campanhas eleitorais! Sem elas não haveria a profusão de ideias, abastança de opiniões, chegada de Messias salvadores. Poderão, ideias e candidatos, voltar a hibernar até às próximas eleições, mas dá gozo sabermos que estão vivos mortos e que daqui a quatro anos farão novamente prova de vida.

Tópicos do essencial dos textos publicados ao longo dos últimos 15 anos sobre as eleições autárquicas no Sabugal e em que esgrimi argumentos de defesa e prova das ideias (continuação, parte 4 de 4)

11 – Oposição: é minha convicção – profunda e fundamentada – que são as boas oposições que fazem os bons governos. Sem oposição é difícil governar bem (Nenhum governo pode ser sólido por muito tempo, se não tiver uma oposição temível, disse Benjamin Disraeli). A ‘competição’ espicaça e entusiasma os decisores a tomar boas decisões e, de certo modo, até a temer os erros que não querem ver ser-lhe apontados. Uma oposição apagada, pouco empenhada, pouco atenta e pouco interventiva, não mobiliza os cidadãos nem as forças vivas do concelho. No dizer de Daniel Innerarity, (A Política em Tempos de Indignação, Publicações D. Quixote, 2016) “governar é algo que está ao alcance de qualquer um, o difícil é fazer oposição. É aí onde os indivíduos se tornam verosímeis como governantes. No fundo, os eleitores tendem a premiar com o governo quem desempenhou bem a tarefa da oposição.” (pág. 341) Neste sentido, e ainda segundo este autor, Uma má oposição prejudica-se mais a si própria que ao sistema.” (pág. 340, negrito meu)

Nota final: felizmente que há campanhas eleitorais! Sem elas não haveria a profusão de ideias, abastança de opiniões, chegada de Messias salvadores. Poderão, ideias e candidatos, voltar a hibernar até às próximas eleições, mas dá gozo sabermos que estão vivos mortos e que daqui a quatro anos farão novamente prova de vida.

Este é apenas o meu ponto de vista; e, como disse Ortega e Gasset, “há tantas realidades quantos os pontos de vista”.

(Final. Parte 4 de 4)
Norberto Manso

Esta entrada foi publicada em AUTARQUICAS - 2021. ligação permanente.

Obrigado pelo seu Comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s