Arquivo de etiquetas: Arturo Pérez-Reverte

‘Uma História de Espanha’… que também – tão bem – é de Portugal!

séculos de guerra, violência e opressão sob reis incapazes, ministros corruptos e bispos fanáticos, a guerra civil contra o mouro, a Inquisição e o seu infame sistema de delação e suspeita, a insolidariedade, a inveja como indiscutível pecado nacional, a … Continuar a ler

Publicado em Os Meus Livros | Etiquetas , | Publicar um comentário

FALCÓ

Tinha aprendido desde muito novo, à custa de algumas rápidas desilusões próprias, uma lição crucial: as mulheres sentiam-se atraídas pelos cavalheiros, mas preferiam ir para a cama com os canalhas. Acabei de ler, Falcó, o último livro de Arturo Pérez-Reverte … Continuar a ler

Publicado em Os Meus Livros | Etiquetas , | Publicar um comentário

‘O mundo é um sítio perigoso, cheio de filhos da puta’

«O mundo é um sítio perigoso, cheio de filhos da puta. O terrível é que o Ocidente e tudo o que custou tanto a construir ao longo dos séculos, liberdades e direitos, com os bons e nobres valores de que … Continuar a ler

Publicado em exCitações Fascinantes | Etiquetas , , , | Publicar um comentário

“Escrevo romances em legítima defesa”

O jornal Público de hoje (21/09/2016) ttps://www.publico.pt/culturaipsilon/noticia/escrevo-romances-em-legitima-defesa-1744625?page=-1 traz um interessante entrevista a Arturo Pérez-Reverte, a propósito do seu último livro, Homens Bons, editado pela ASA. Sem papas na língua, diz o que pensa e põe-nos a pensar. Vale a pena … Continuar a ler

Publicado em exCitações Fascinantes | Etiquetas , , , | Publicar um comentário